Os desafios do novo empresário no agronegócio

Minuto Irrigação      quinta-feira, 26 de abril de 2018

Compartilhe esta página com seus amigos

Diante do compromisso da agricultura em abastecer o mercado interno e externo, colocando alimento na mesa da população de todos os continentes, é evidente a importância do papel do agricultor brasileiro na economia. Cada vez mais, administrar o campo vem se tornando uma tarefa árdua, que exige conhecimento, planejamento, inovação, estratégia e tecnologia dentre diversas outras premissas que compõem o novo Empresário do Agronegócio.

O Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento prevê que a produção brasileira de grãos deverá alcançar 288,2 milhões de toneladas nos próximos 10 anos, o que representa um acréscimo de 51 milhões de toneladas em relação à safra 2016/2017.  Atingir esses índices, mantendo as mesmas dimensões de áreas plantadas, utilizando cada vez menos recursos naturais e ainda conseguir um preço final competitivo, faz com que os produtores precisem ter uma visão que vai muito além dos limites da porteira.

Em entrevista à equipe da Consultoria iCrop – Gestão de Irrigação, Ricardo Heise, sócio da Fazenda Panorâmica de Indiara-GO, explica que é necessário ter as contas bem afinadas, realizando um planejamento estratégico com um ano de antecedência, analisando o mercado futuro e estabelecendo uma meta de preço de venda para só depois tomar as decisões. “Nossos planos tem sempre duas ou três saídas, sempre focados em um preço de venda.”, ressalta.

Heise acompanha constantemente todas as variações do mercado para conseguir garantir uma venda lucrativa baseada nas estratégias pré-estabelecidas. “A iCrop me dá a tranquilidade para travar uma venda. Se eu fizer uma irrigação bem feita, eu posso entregar o que vendi, garantindo o custo e a margem planejada.”, completa.

Mais do que produzir, é preciso que os produtores rurais assumam uma postura empreendedora. Sua capacidade gerencial fará a diferença em um cenário tão complexo e desafiador que exige o desenvolvimento de uma série de habilidades, como a capacidade para identificar oportunidades e assumir riscos, conhecimento do seu negócio e das transformações do mercado, organização, controle, disposição para tomar decisões, liderança e principalmente, otimismo.

Veja também: Inverno mais frio dos últimos 100 anos. Mito ou Verdade?


Cadastre-se e fique por dentro das novidades.