Confira a Prognose Meteorológica da iCrop para Novembro, Dezembro e Janeiro

Meteorologia      quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

CONDIÇÕES CLIMÁTICAS ATUAIS

O padrão de bloqueio atmosférico, que persistiu até meados de outubro, também contribuiu, em combinação com outros fatores, para atrasar o início da estação chuvosa na área que engloba as Regiões Centro-Oeste e Sudeste do Brasil.
A Temperatura da Superfície do Mar (TSM) continua em declínio ao longo do Pacífico Equatorial, e este resfriamento é indicativo do estabelecimento da fase inicial do evento La Niña. Esse evento de La Niña atingirá sua maturação até janeiro de 2018 e será de fraca intensidade e curta duração. 
Os órgãos INPA, INPE e Cemaden, ao analisarem o Índice de Suprimento de Água para a Vegetação (VSWI), parcial para o mês de outubro de 2017, chegaram a conclusão que a intensidade da condição de seca permanece severa em algumas áreas localizadas no interior da região semiárida do Nordeste, no centro da Bahia e noroeste de Minas Gerais. Para o trimestre novembro e dezembro de 2017 e janeiro de 2018 (NDJ/2018), a análise de impacto está limitada apenas às áreas de pastagens, indicando situação crítica nas áreas acima mencionadas.
Fonte: INPA, INPE e Cemaden.


PREVISÃO CLIMÁTICA NOVEMBRO-DEZEMBRO-JANEIRO

A transição para a estação chuvosa teve início no final de outubro, na área central do Brasil, porém seu estabelecimento deverá ocorrer em meados de novembro, após o primeiro episódio de Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) da temporada 2017/2018 ocorrido entre os dias 10 e 12 de novembro. Contudo, espera-se uma grande variabilidade temporal das chuvas no centro-sul do Brasil, no decorrer do trimestre NDJ/2018. 
A previsão climática sazonal por consenso para o trimestre novembro e dezembro de 2017 e janeiro de 2018 (NDJ/2018) indica maior probabilidade do total trimestral de chuva ocorrer na categoria abaixo da faixa normal climatológica numa ampla área que inclui parte das Regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. 
Para o centro-sul da Região Sul, a previsão indica maior probabilidade das precipitações ocorrerem na categoria dentro da faixa normal climatológica. 
No trimestre NDJ/2018, são previstas temperaturas acima da média no leste da Região Norte, na Região Nordeste e no norte da Região Sudeste. Nas demais áreas do País, a maior probabilidade é de ocorrência de temperaturas em torno da normal climatológica.
Fonte: INPA, INPE e Cemaden.


SITUAÇÃO DOS RESERVATÓRIOS 

Segundo o INPA, INPE e Cemaden, no mês de outubro (até o dia 20) as afluências do reservatório de Três Marias ficaram 91% abaixo da média e, 44% abaixo da vazão mínima observada no período 1941-2016. Segundo as projeções hidrológicas, mesmo com chuvas na média climatológica nos próximos meses, as vazões afluentes ainda ficarão consideravelmente abaixo da média histórica até janeiro de 2018.


 Reservatório de Três Marias


Os reservatórios de Nova Ponte e Furnas, até o dia 09 de novembro, estavam operando com o volume útil inferior a 15%.


Reservatório de Nova Ponte

Reservatório de Furnas


Dos reservatórios analisados, o de Queimados foi o que apresentou o maior volume útil (até 9 de novembro) operando com 33% da sua capacidade total. 


Reservatório de Queimados

Veja também: Primeira zona de convergência da primavera traz previsão de chuva em algumas regiões


Cadastre-se e fique por dentro das novidades.