Confira a Previsão Meteorológica da iCrop para Setembro, Outubro e Novembro

Meteorologia      quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Compartilhe esta página com seus amigos

Condições Climáticas Atuais

Desde o início de julho as previsões climáticas vêm alertando os agricultores sobre a distribuição irregular da chuva em alguns estados do Brasil nos próximos três meses. De abril a julho, o volume de chuva registrado em quase todo o país foi abaixo da média histórica dos últimos anos. Já as temperaturas máximas e mínimas registradas em grande parte do país, foram próximas da média apontada no mesmo período analisado nos anos anteriores.

Esta situação persistiu durante quase todo o mês de agosto, porém no dia 25/08, uma frente fria atuou sobre o Sul do Brasil e avançou pelo interior do país provocando chuvas isoladas entre os dias 25 e 26 em pontos da Região Centro-Oeste. Nos dias seguintes, houve queda da temperatura do ar na Região Sul e em parte das Regiões Centro-Oeste e Norte.

Nos mapas apresentados abaixo, podemos observar o baixo volume de chuva desde os últimos 90 dias até a última semana. As áreas claras do mapa representam as regiões mais críticas devido à deficiência hídrica que atingiu principalmente as regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste do Brasil.

 

Nos últimos dias, a Região Centro-Oeste, parte dos estados de Minas Gerais e São Paulo, e o Oeste do estado da Bahia estão apresentando baixa umidade do ar. Em áreas dos estados do Mato Grosso e Goiás os índice de umidade do ar estão inferiores a 12%, o que pode comprometer o plantio da soja que se inicia este mês, oferecendo riscos devido a ausência da umidade ideal do solo e aumento da evapotranspiração.

Previsão climática de setembro a novembro/2018

De acordo com os dados do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos - CPTEC, as condições oceânicas no Pacífico Equatorial indicam situação de neutralidade, porém há previsão de ocorrência do fenômeno El Niño durante o segundo semestre de 2018.

Em relação à temperatura, as previsões indicam maior probabilidade de ocorrência de valores acima da categoria normal em todo país.

Na Região Sudeste, o volume de chuva deverá ficar abaixo da média histórica nas regiões em amarelo no mapa. Nas regiões em tons cinza, como o extremo Oeste do Triângulo Mineiro, a previsão é que o volume de chuva fique dentro da média histórica.

Já na maior parte do estado de São Paulo, representado em tons de azul no mapa, o volume de chuva deve ficar entre a média histórica a acima da média.

Na Região Centro-Oeste, a situação será um pouco mais crítica, já que nas regiões em amarelo no mapa, sul do estado de Goiás, o volume de chuva deverá ficar abaixo da média histórica. Situação que também será parecida no estado do Mato Grosso no qual a chuva na região centro-oeste deverá ficar dentro da média e parte da região norte do estado ficará abaixo da média. Por isso antes mesmo de iniciar o plantio, o produtor precisará ficar atento a quantidade de água na terra nesta região para reduzir os possíveis riscos.

            Na porção centro-leste do estado da Bahia o volume de chuva deverá ficar ligeiramente abaixo da média histórica. Para o restante do estado, áreas brancas do mapa, não há previsibilidade.

          No estado do Paraná, o volume de chuva deverá oscilar entre a média histórica, nas áreas representadas em cinza no mapa e acima da média nos tons de azul na imagem.  

Veja também: iCrop inaugura escritório no Mato Grosso 

 

 


Cadastre-se e fique por dentro das novidades.